Resultados de pesquisa

Já tinham saudades?!...

|
Pois tinham... não neguem! Não neguem à partida a minha ciência que já conhecem: os videozinhos!

Reparei que eu já cá não punha uma pérolazita...

Sei que este assunto já é muito "old news", mas só hoje me deparei com ela e acho que vale seriamente a pena... mas também... acho sempre isso e nem sempre é bem assim, não é?

Este videozinho também vai especialmente para a nossa Wee para que tenha sempre uma gargalhada mental presente nestas férias que se aproximam!

Cá vai:


You go girl!

"Nasceste antes de 1989?"

|
Nasceste antes de 1989?
Então lê isto...
Se não... lê na mesma...
Esta merece!!!!!


Deliciem-se...

Nascidos antes de 1989. De acordo com os reguladores e burocratas de hoje,
todos nós que nascemos nos anos 60, 70 e 80, não devíamos ter
sobrevivido até hoje, porque as nossas caminhas de bebé eram pintadas com
cores bonitas, em tinta à base de chumbo que nós muitas vezes lambíamos e
mordíamos.
Não tínhamos frascos de medicamentos com tampas 'à prova de crianças', ou
fechos nos armários e podíamos brincar com as panelas.
Quando andávamos de bicicleta, não usávamos capacetes.
Quando éramos pequenos viajávamos em carros sem cintos e airbags, viajar á
frente
era um bónus.
Bebíamos água da mangueira do jardim e não da garrafa e sabia bem.
Comíamos batatas fritas, pão com manteiga e bebíamos gasosa com açúcar, mas
nunca engordávamos porque estávamos sempre a brincar lá fora.
Partilhávamos garrafas e copos com os amigos e nunca morremos disso.
Passávamos horas a fazer carrinhos de rolamentos e depois andávamos a grande
velocidade pelo monte abaixo, para só depois nos lembrarmos que esquecemos de
montar uns travões. Depois de acabarmos num silvado aprendíamos.
Saíamos de casa de manhã e brincávamos o dia todo, desde que estivéssemos em casa
antes de escurecer.
Estávamos incontactáveis e ninguém se importava com isso.
Não tínhamos PlayStation, X Box.
Nada de 40 canais de televisão, filmes de vídeo, home cinema, telemóveis,
computadores, DVD, Chat na Internet.
Tínhamos amigos - se os quiséssemos encontrar íamos á rua.
Jogávamos ao elástico e à barra e a bola até doía!
Caíamos das árvores, cortávamo-nos, e até partíamos ossos mas sempre sem
processos em tribunal.
Havia lutas com punhos mas sem sermos processados. Batíamos ás portas de
vizinhos e fugíamos e tínhamos mesmo medo de sermos apanhados.
Íamos a pé para casa dos amigos.
Acreditem ou não íamos a pé para a escola;
Não esperávamos que a mamã ou o papá nos levassem.
Criávamos jogos com paus e bolas.
Se infringíssemos a lei era impensável os nossos pais nos safarem. Eles
estavam do lado da lei.
Esta geração produziu os melhores inventores e desenrascados de sempre.
Os últimos 50 anos têm sido uma explosão de inovação e ideias novas.
Tínhamos liberdade, fracasso, sucesso e responsabilidade e aprendemos a
lidar com tudo.
És um deles?
Parabéns!

Passa esta mensagem a outros que tiveram a sorte de crescer como verdadeiras
crianças, antes dos advogados e governos regularem as nossas vidas, 'para
nosso bem'.
Para todos os outros que não têm idade suficiente pensei que gostassem de
ler acerca de nós.
Isto, meus amigos é surpreendentemente medonho... E talvez ponha um sorriso
nos vossos lábios.
A maioria dos estudantes que estão hoje nas universidades nasceu em 1989.
Chamam-se jovens.
Nunca ouviram 'we are the world' e uptown girl conhecem de westlife e não de
Billy Joel.
Nunca ouviram falar de Rick Astley, Banarama ou Belinda Carlisle.
Para eles sempre houve uma Alemanha e um Vietname.
A SIDA sempre existiu.
Os CD's sempre existiram.
O Michael Jackson sempre foi branco.
Para eles o John Travolta sempre foi redondo e não conseguem imaginar que
aquele gordo fosse um dia um deus da dança.
Acreditam que Missão impossível e Anjos de Charlie são filmes do ano
passado.
Não conseguem imaginar a vida sem computadores.
Não acreditam que houve televisão a preto e branco.

Agora vamos ver se estamos a ficar velhos:
1. Entendes o que está escrito acima e sorris.
2. Precisas de dormir mais depois de uma noitada.
3. Os teus amigos estão casados ou a casar.
4. Surpreende-te ver crianças tão á vontade com computadores.
5. Abanas a cabeça ao ver adolescentes com telemóveis.
6. Lembras-te da Gabriela (a primeira vez).
7. Encontras amigos e falas dos bons velhos tempos.
8. Vais encaminhar este e-mail para outros amigos porque achas que vão
gostar.

SIM ESTÁS A FICAR VELHO heheheh , mas tivemos uma infância do caraças!!

HP Maestro

|

Atendimento de qualidade.

|

PARA TODOS OS QUE TÊM DE LIDAR COM CLIENTES IRRITANTES, OU COM PESSOAS QUE SE ACHAM SUPERIORES AOS OUTROS...

Aprendamos com uma funcionária da TAP!!! 'Destruamos' um ignorante, de forma original... É tão simples!... Vale a pena ler. Uma funcionária da TAP, em Lisboa, deveria ganhar um prémio por ter sido esperta, divertida e ter atingido o seu objectivo, quando teve que lidar com um passageiro que o que merecia mesmo era voar no porão da bagagem! Um voo sobrelotado da TAP foi cancelado (por razões óbvias!).

Uma única funcionária, atendia e tentava resolver o problema de uma longa fila de passageiros. De repente, um indivíduo irritado passou por toda a fila, atirou o bilhete para cima do balcão e disse:
- Eu tenho que ir neste voo, e tem que ser em Primeira Classe.
A funcionária respondeu:
- O Sr. desculpe, terei todo o prazer em ajudá-lo, mas tenho que atender estas pessoas primeiro, pois estão pacientemente na fila, há algum tempo. Quando chegar a sua vez, farei tudo para poder satisfazê-lo.
O passageiro, irredutível, disse bastante alto para que todos na fila ouvissem:
- Você por acaso, faz alguma ideia de quem eu sou?
Sem hesitar, a funcionária sorriu, pediu licença, pegou no microfone e anunciou:
- Atenção, atenção, por favor!!!
A sua voz ecoou por todo o terminal, e ela continuou:
- Encontra-se junto deste balcão, um passageiro que não sabe quem é, devendo estar perdido! Se alguém for parente, responsável pelo mesmo, ou puder ajudá-lo a descobrir a sua identidade solicitamos que compareça no balcão da TAP. Muito obrigada!
Com as pessoas atrás dele, rindo desalmadamente, o homem olhou furiosamente para a funcionária, rangeu os dentes e disse, gritando:
- Vou-te f*der!!!
Sem pestanejar, ela sorriu e disse:
- Desculpe, meu caro senhor, mas, mesmo para isso, vai ter que esperar na fila...

Isto sim, é QUALIDADE TOTAL...

BBC unveils memorial to journalists killed in action

|

Na Design Week Online

Source: Online
Publication date: 16 June 2008 12:36 PM
Byline: Emma
Germain

A light sculpture, dedicated to the memory of journalists and news staff
killed in the line of duty, is being unveiled tonight in London by the BBC.
Designed by Catalan sculptor Jaume Plensa and BBC Broadcasting House
architect Sir Richard MacCormac, the 10m-high glass and steel construction
entitled ‘Breathing’ will be uncovered for the first time by the
secretary-general of the United Nations, Ban Ki-moon.
1‘We hope this poignant memorial will serve as a nightly
reminder of the sacrifice made by many in the cause of free expression and
journalism,’ says BBC director-general Mark Thompson.
Situated on the roof
of the new wing of Broadcasting House in Portland Place, London W1, it is
designed in the form of a giant listening glass and its light beam will extend
1km into the sky.
Every night the sculpture will be illuminated for 30
minutes, in tandem with BBC’s ten o’clock news bulletin.
More than 200
reporters have lost their lives since the start of 2007.
Jaume Plensa was
responsible for the Crown Fountain - a public sculpture in Millennium Park,
Chicago - and also created a sculpture called Dream in Merseyside for Channel
4's Big Art Project

"Think before you poke"

|

Vi esta notícia na Reuters.

Manners still matter when you're poking on Facebook

By Paul Majendie
LONDON (Reuters) - Should you reject a friend on MySpace?
How do you ward off an old lover on Facebook?
Have no fear. Britain's etiquette bible has come to the rescue for social networkers who are at a loss about how to behave with online decorum.
Debrett's have helped to compile a new set of "golden rules" for devotees of sites like Facebook and Bebo.
The rules were put together after research by the telecoms company Orange showed that almost two thirds of social networkers are frustrated and confused by online etiquette.
It discovered that more than a quarter were uncertain about how to respond to unwelcome "pokes" or messages. Eighteen percent confessed to being confused on "how to respond to my ex when in a relationship with someone else."
Debrett's etiquette adviser Jo Bryant tried to guide the confused through what can be a social minefield.
Acknowledging that social networking has made new demands on traditional etiquette, she said "My advice is to play it safe and always employ your usual good manners when online, treating others with kindness and respect."
And you should never throw caution to the wind.


Mark Watt-Jones, head of development and innovation at Orange, said "Whether you are checking your Facebook profile or posting photos of friends on MySpace at work, these guidelines will ensure you never lose old friends or make unwanted new ones."

The golden rules compiled by Debrett's with Orange are:
1. You don't have to make friends with people you don't know. Think before you poke.
2. Wait 24 hours before accepting or removing someone as a friend. The delay will help you gather your thoughts.
3. Birthdays, engagements and weddings are not "virtual" events. Always send cards or phone friends when there is an important event.
4. Think before posting a friend's photo what you would feel like if it was you.
5. Think carefully about your profile picture. Would you want it to be appearing in your local newspaper?

Proving something.

|

Blah!

|

Alda Silva @ Wordpress

|
Tenho um espaço onde tenho postos alguns trabalhos mais experimentais de fotografia. É um blog do Wordpress que abri só para isso e que vai servindo de suporte às minhas galerias. Se puderem, visitem o espaço e dêem as opiniões que acharem por bem; as críticas são bem-vindas, já que o meu objectivo é melhorar neste campo.
Ainda mais: vou ter a minha primeira exposição a inaugurar no final deste mês, no Fórum Jovem da Maia (mais informações daqui a algum tempo). Outro motivo para querer melhorar mais. :) Ah, e claro, passem na exposição quando ela for. :P

Bichano...

|
Este homem tem uma legião de fãs e milhentos mil (LOL to myself) temas tratados no youtube... hoje: Gatinhos!



Eu voto no Óscar pa melhor voz-off! :nod:

Exposição

|
A minha primeira, de título "Reminiscências - Exposição fotográfica de Alda Silva", está para breve.
|
Hoje vou ver House até mais não e depois vou trabalhar ou dormir, conforme, e amanhã vou trabalhar, que nesta terra não há feriados. :x

an + orexia

|
an (sem, desprovido de) + orexia (apetite).

Estou neste momento a ver uma reportagem da Sic sobre anorexia. É um tema que me interessa, que me toca, estudei bem esses assuntos, vi de perto casos de distúrbios alimentares, por isso vejo esta reportagem com uns olhos diferentes de algumas pessoas.
Não é a pena que está em questão.
Não é a culpabilização. A influência que leva a estes desvios e extremos são várias e vão-se acumulando desde a primeira gotinha que cai no copo.
Não gosto de ouvir dizer que são "manias" ou "coisas estúpidas" ou ainda que quem sofre de distúrbios deste tipo é "maluco" ou coisa parecida.

Viva la vida

|
or Death and all his friends.

Eu já o ouvi. E tu?
É mais um dos álbuns que promete passar muito este ano.
Os Coldplay abrandaram um pouco no estilo mais romântico e melancólico de "X&Y" e regressaram às sonoridades experimentais de "Parachutes". Na dicografia da banda, encontramos o meio-termo em "A rush of blood to the head", uma ponte bem conseguida entre esses dois patamares na carreira dos britânicos.

"Viva la vida or Death and all his friends" é um álbum mais arrojado. Novas sonoridades, as guitarras e o piano estão de volta em perfeita harmonia. Experimental, mas sem exageros; nota-se que a banda cresceu, deu frutos, colheu-os e soube aproveitá-los bem. Estudou-os e criou novas composições, não caindo num experimental naïve - o som deste álbum é comprovadamente forte e estruturado, desde o single de apresentação, "Violet Hill", até a faixas como "Yes" e "Viva la vida".

O álbum já se encontra em pré-venda em vários sites.

Fica a sugestão.

Não ri, não ri...

|
Sei que este video é muito "gaja"... mas com este miudo quero ver quem não se ri pelo menos uma vez...



E mentir não vale!

22:57

|
Depois de instalar todo o pacote CS3 e de organizar o meu disco rígido, eis que... estou a ver o CSI Miami (devia ter vergonha.) e estou a morrer de sono.
Das duas uma: ou ando cansada ou a idade já não perdoa. Voto na primeira.

Comunicado da PJl

|
Vocês lembram-se daqueles comunicados de pessoas desaparecidas que davam na Tv?

Já lá vão uns anos, mas escolhiam sempre a hora do almoço e lembro-me, em muitos casos, das fotos serem tão más que ficava impressionada, a raiar o tremor de medo...

Pois bem, se tivessem agido como "esta" desaparecida... se calhar tinham tido mais sorte...



Lembrem-se multimédicos e engenheiros que lurkam esta página, se eu desaparecer por motivos da vida (sim porque eu sou bastante portátil) façam um videozinho deste género sobre mim... fotos espalhadas pelo mundo há de certeza... senão também podem recorrer à montagem... digo eu?!

Adriana Calcanhotto - "Vai Saber"

|
Não vá pensando que determinou
Sobre o que só o amor pode saber
Só porque disse que não me quer
Não quer dizer que não vá querer
Pois tudo o que se sabe do amor
É que ele gosta muito de mudar
E pode aparecer onde ninguém ousaria supor
Só porque disse que de mim não pode gostar
Não quer dizer que não tenha do que duvidar
Pensando bem pode mesmo chegar a se arrepender
E pode ser então que seja tarde demais
Vai saber?

Não vá pensando que determinou
Sobre o que só o amor pode saber
Só porque disse que não me quer
Não quer dizer que não vá querer
Pois tudo o que se sabe do amor
É que ele gosta muito de se dar
E pode aparecer onde ninguém ousaria se por
Só porque disse que de mim não pode gostar
Não quer dizer que não tenha o que considerar
Pensando bem pode mesmo chegar a se arrepender
E pode ser então que seja tarde demais
Vai saber?

Não vá pensando que determinou
Sobre o que só o amor pode saber
Só porque disse que não me quer
Não quer dizer que não vá querer
Pois tudo o que se sabe do amor
É que ele gosta muito de jogar
E pode aparecer onde ninguém ousaria supor
Só porque disse que de mim não pode gostar
Não quer dizer que não venha a reconsiderar
Pensando bem pode mesmo chegar a se arrepender
E pode ser então que seja tarde demais
Vai saber?



Não conhecia esta música da Adriana Calcanhotto, mas, quando a ouvi no concerto dela no Coliseu do Porto na quinta-feira passada, gostei dela à primeira. Até consegui apanhar logo a letra de início, para depois a ir pesquisar.
Ainda não pus nada na web do concerto - fotos, para quem não percebeu -, mas há algumas que até ficaram bem. Não será um dos meus melhores trabalhos, mas também não está mau. As principais dificuldades prenderam-se com o palco, sempre igual, e o pouco movimento.
Fica para depois.

Acham preocupante agora?

|
"Gasolina a €3 o litro, tumultos sociais generalizados. O cenário está cada vez mais longe de ser ficção científica. E se acha que a situação actual é dramática, então o melhor mesmo é agarrar-se à cadeira.




A bomba de gasolina tornou-se o pesadelo do cidadão. A mangueira que enche o depósito do camião ou da viatura particular é o braço armado do novo choque petrolífero que nasceu em 2001 e veio para ficar. O barril de petróleo quase quadruplicou entre 2001 - preço médio anual de 26 dólares, para todas as variedades - e o final do primeiro quadrimestre deste ano, situando-se acima dos 100 dólares, em média. O risco é termos, na Europa, a gasolina a €3 antes de 2012 e globalmente um período de grande 'turbulência' até 2030, como revelou a Shell, num estudo sobre cenários."

Ver toda a notícia em: http://clix.expresso.pt/gen.pl?p=stories&op=view&fokey=ex.stories/335892