Resultados de pesquisa

Reminiscências [Silêncios]

|
O dia e a noite.
Os intervalos de dor e medo.
Metáforas que falam por si.
-
Silêncios.
-
Subterfúgios.
-
Não há palavras que desenhem o que sinto. Não há traços que expliquem tudo o que é. Batem

por fora e marcam por dentro.
-
É escuro, mas surge uma luz nos entretantos, nas esperanças e na força que a esfera interior

suporta em si.

0 weedeias: