Resultados de pesquisa

Ainda bem que provei e não gostei... and I'm a c00kie m0nstah!

|
Bolachas da Proalimentar retiradas do mercado


A empresa multinacional United Biscuits (UB) retirou do mercado as bolachas Fruit & Form Frutos do Bosque e Maçã e Canela, da Proalimentar, por poderem conter peças metálicas, avançou hoje a Autoridade de Segurança Alimentar e Económica (ASAE).

Num anúncio publicado hoje na imprensa, a UB informa que iniciou a recolha de três lotes da Proalimentar (detida em Portugal pela Triunfo) como "medida preventiva", por poderem não estar em conformidade com os padrões de qualidade definidos.

Num comunicado enviado à agência Lusa, a UB esclareceu que a contaminação terá tido origem num lote de farinha de arroz.

Trata-se de "fio de arame metálico encontrado num lote de farinha de arroz", proveniente de uma ruptura de um peneiro metálico do fornecedor.

As bolachas em causa poderão conter peças metálicas de aço inoxidável com 0,2 milímetros de espessura e 10 a 70 milímetros de comprimento, segundo as informações que foram transmitidas pela multinacional à ASAE.

A empresa acrescenta que "a probabilidade de existir uma bolacha afectada é de um em cada 1,5 milhões" e que a probabilidade de risco grave para a saúde é 0,1 a 0,2 por cento, caso se verifique a ingestão do produto afectado.

"A empresa estimou que a possibilidade da presença de partículas metálicas nas bolachas à venda em Portugal é de quatro por cento", disse o porta-voz da ASAE, Manuel Lage.

A UB já começou a recolher o produto junto dos seus clientes e calcula que deverão estar ainda à venda 3250 pacotes de bolacha.

As bolachas Fruit & Form Frutos do Bosque e Maçã e Canela foram lançadas recentemente no mercado português, tendo sido produzidas cerca de 35 mil unidades, adiantou o porta-voz da ASAE.

No anúncio hoje publicado, a UB disponibiliza uma linha de contacto para o consumidor (800 206 131) e pede aos consumidores que enviem os produtos para o Apartado 40, 2726-901, Mem Martins, garantindo o seu reembolso.


Inserido em 2006-07-12 Autor: Jornal Público


P.S. - Não sei a que mercado se referem, porque ainda há à venda na minha faculdade. Mas realmente ir àquelas máquinas de vending lá é suicídio. E premeditado. :P

0 weedeias: