Resultados de pesquisa

Muitos mundos

|
Existe uma teoria física na mui complexa e esquesita àrea da mecânica quântica intitulada de "Muitos Mundos". Poderão ficar a saber um bocado mais sobre ela aqui. Isto se tiverem paciência e quiserem que depois de ler vos dê provavelmente uma dor de cabeça... Mas não é para isso que escrevo isto... Longe de mim querer dar-vos dores de cabeça.
A teoria na sua forma mais simples diz que, para qualquer evento que ocorra em que seja necessário efectuar uma escolha, independentemente da que escolham e da que se realize na vossa realidade, existem realidades paralelas correspondentes a cada uma das outras escolhas. Usando um exemplo simples: Se chegares a uma altura em que tens de escolher ir para a direita ou para a esquerda e escolheres ir para a esquerda, existe uma realidade qualquer em que escolheste ir para a direita com todas as consequências que isso poderá ter...

Mas este palavreado todo que até parece que eu entendo muito da coisa serve para quê afinal? Ora eu acho que seria interessantíssimo se se viesse a provar que a teoria é de facto o que se passa. Senão vejamos, poderia ser pelo menos uma espécie de consolo para muita gente. Ora, por cada vez que nos correu mal alguma coisa há por aí uma versão nossa a quem correu muito bem! Sim sim, não serve de muito eu sei, mas olha é o melhor que consegui arranjar.

Assim, pensem deste modo, se não ganharam o euromilhões desta vez, pensem que houve um "tu" por aí que lá conseguiu acertar com a chave... E pronto, aceitando que a tua infelicidade foi a felicidade de outros é bem acreditar que o inverso também pode acontecer. Há muito "tu" a quem pode acontecer muitas infelicidades e nesse caso pode ser o teu dia de sorte!

2 weedeias:

izzie_tisha disse...

Repetindo-me: tu e a física... e os sorrisos que me causam... xD
Será isto uma boca indirecta para cada vez que nos queixamos?

weevil disse...

Este teu post, Zé, lembra-me uma conversa que tive no trabalho esta semana, na terça. Uma colega minha, que tem um part-time ao fim-de-semana numa loja, disse que um cliente lá foi e gastou N (milhares de euros, vá). Isto fê-la pensar "será que é o tipo que ganhou o Euromilhões?", o que nos leva a concluir que achamos mais provável alguém ganhar o Euromilhões do que simplesmente ter tanto dinheiro para gastar!